Ser escritor não é vocação, também não é uma decisão. Mais parece uma mania, um hábito, um vício […].

— Ricardo Piglia

Ser escritor não é vocação, também não é uma decisão. Mais parece uma mania, um hábito, um vício, você deixa de fazer isso e se sente mal, mas ter que fazê-lo é ridículo, e acaba se tornando um modo de viver (como outro qualquer).

No Comments

Post A Comment